sábado, 11 de outubro de 2008

Ahhh l'amour

O amor e a dor, são sentimentos tão parecidos que até rimam em poema de amor perdido.
De tanto todos dizerem que não existe amor sem dor e sofrimento, isso é quase lei, mas digo com conhecimento de causa que há sim um amor livre do sofrer, amor simples e bonito, amor-companheiro, intenso e feliz pelo simples fato de ser amor.
Amor que foge às tendências do mercadológico mundo moderno, que hoje as pessoas são como objetos: "Peguei 5 noite passada".
Além disso ainda existe a tal banalização do amor, ora essa minha gente como pode um sentimento tão bonito assim ser dito assim pra qualquer um?!
Então, pegue ou cate quantas ou quantos quiser, se entregue a qualquer um(a), e assim continue só sonhando (ou sonhando só) com o verdadeiro amor eterno (sim, ele existe).

2 comentários:

Paixão, M. disse...

ô =)

ai, danizita, que há pouquinho espaço pra sonhadores hoje em dia, rs... mas a gente resiste!

quero algo nada mercadológico.

e quero felicidades mil pra ti!

beijo, bonita!
da próxima vez fico mais... saí correndo mesmo, rs..
saudade.

nós disse...

"mas digo com conhecimento de causa que há sim um amor livre do sofrer, amor simples e bonito, amor-companheiro, intenso e feliz pelo simples fato de ser amor."


e os cachorrinhos por acaso não vivem disso? (: