quarta-feira, 2 de julho de 2008

Quero fazer poesia!!!

Já tentei falar de tudo
quis fazer poesia
mas é um absurdo
ter que rimar, fria
ão com ia
joão com maria
sei falar de alegria
mas escrever, só amor
que rima com ardor
calor, sabor, fervor
torpor?
Quero rima pobre
mas que seja nobre
não precisa ser ouro,
pode ser de cobre.
Sem forçar demais
não adianta correr atrás
porque rima boa e bonita
não é qualquer um que faz.
deixo pra quem sabe mais....





(Um dia aprendo, se é que isso se ensina!)

6 comentários:

Paixão, M. disse...

Ora bolas, que o que é isso aí que acabou de fazer?

Andas é sumida demais..

BOnita!

:*

Vanessa de Mello Brito disse...

ahh poesia é assim mesmo.
se vê, sai sozinha.
no chão, na cozinha
Na matéria , a esmo.

Poesia é assim mesmo.

Paixão, M. disse...

poesia sai até em comentário
poesia é um negócio arbitrário
que nasce sem horário
feito a origem das palavras
tem explicação não:

refratário
bolachas
feijão

----------------

heheheh, gostei de brincar também :)

:***

Larissa Dardengo disse...

Pra mim você já faz.
AH eu passo um tmepo sem vir aqui e quando venho me acabo.
rs

bjs

nós disse...

poema é tipo um espirro
fecha os olhos, careta, atchim
não tem magia, simsalabim
o que importa mesmo é sentir
(e aqui uma rima sem par
pois espirro é bem ruim de rimar)

blogava disse...

rsrsrs, muito bom...

eu também ainda chego lá!
bjo grande.